COMPREENDER COMO AS FRAQUEZAS DA EUROPA PERMITIRAM A ASCENSÃO DA EXTREMA-DIREITA E OS NOVOS RADICALISMOS

 

Os velhos racismos estão profundamente estruturados e enraizados no pensamento europeu, mas foram revitalizados e moldados sob uma variedade de novas formas assentes no nativismo de direita.

Esta nova direita coloca-se de novo em marcha, tirando partido das fraquezas das sociedades ocidentais. Transfere-se da periferia para o centro político da sociedade onde os partidos extremistas consolidam as suas bases de apoio com discursos tão simplistas e com respostas tão à la carte que se parecem confundir até com a própria esquerda. Dura e mediática, tenta minar o pluralismo cultural usando a democracia para afirmar o seu poder, espalhar a sua tirania e ameaçar os direitos humanos pelo ataque que faz aos direitos civis das minorias.

Em A Europa Adormecida, Liz Fekete desenvolve uma extensa investigação à forma como os movimentos e forças políticas desta direita recém-configurada se interconectam com as forças antidemocráticas e iliberais da sociedade. Com base em mais de três décadas de trabalho, expõe as linhas onde a Europa falha fundamentalmente na luta contra a intolerância.

Como refere a autora, «o antifascismo é uma luta política sobre o tipo de vida que queremos viver... é uma batalha pela democracia, solidariedade e justiça
social»
.

A Europa adormecida - O racismo e a ascensão da extrema-direita

SKU: ISBN: 978-989-54748-8-2
16,50 € Preço normal
14,85 €Preço promocional
  • Capa: Mole

    Formato: 160 mm x 225 mm

    Nº Páginas: 224

  •